sexta-feira, 28 de março de 2014

Estrias vermelhas nunca mais !!!

Boa tarde

vimos essa reportagem muito legal no programa bem estar e vamos compartilhar com vocês tá.!!!


Manter a hidratação e elasticidade da pele ajuda a evitar o problema.
Laser, ácidos, peeling e abrasivos podem melhorar aparência em até 60%.


Manter a hidratação e a elasticidade da pele é fundamental para evitar o surgimento de estrias, um problema mais comum até os 30 anos de idade.

As mulheres são o grupo que mais sofre com essa ruptura das fibras de colágeno, seja na adolescência, durante a gravidez ou em decorrência do efeito sanfona. Gestações após os 30 anos, porém, costumam ter uma menor incidência

As estrias caracterizam-se por um rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina (responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade).
 As estrias afetam homens, mulheres em idade adulta ou durante a adolescência, mulheres no transcorrer da gestação, e até mesmo crianças. As estrias geralmente são comuns nas mamas, quadris, culotes, coxas e nádegas. Cerca de 90% das mulheres atuais desenvolvem estrias durante a gravidez.


Uma hidratação diária pode ajudar a prevenir e a amenizar as estrias, desde que os cremes contenham substâncias ativas com estas propriedades. Para conter o problema, é preciso repor substâncias que ajudam na reorganização do colágeno e elastina na pele.