terça-feira, 26 de agosto de 2014

7 substâncias naturais para ganhar músculos


Reforços externos para o treino são muito bem-vindos para a construção de um corpo magro e definido. Confira uma seleção de produtos seguros e eficazes, testados por estudos e aprovados por especialistas para deixar o seu corpo definido.







1. Avena sativa 

(Avena sativa)
 
Por que funciona: Avena sativa é o nome científico da aveia integral. Ela contém saponina, um fitoquímico que estimula a hipófise a aumentar os níveis de testosterona e liberar o hormônio luteinizante (LH), importante para os músculos. Também oferece zinco, mineral essencial para a produção de testosterona. Na forma de alimento, seria necessária uma quantidade muito grande para que surtisse efeito no ganho de massa magra. 
 
Contraindicações: não são conhecidas. 
 

2. Eurycoma longfolia 

(E. longfolia jack) 
 
Por que funciona: o extrato dessa erva originária da Malásia, também conhecida como tongkat ali, possui cerca de 22% de peptídeos, fragmentos de aminoácidos que estimulam a produção de testosterona. Como têm boa biodisponibilidade, são facilmente absorvidos pelas células musculares. 
 
Contraindicações: pessoas que sofrem de insônia e/ou irritabilidade. 
 

3. Ginseng 

(Panax sp) 
 
Por que funciona: popularmente conhecido como ginseng coreano, possui propriedades estimulantes e vasodilatadoras, diminui a fadiga crônica e favorece o fornecimento de nutrientes para o músculo. Mais: ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue, diminui o cortisol (que prejudica o ganho de massa muscular), é antioxidante, ativa o sistema imunológico e estimula a produção de testosterona. 
 
Contraindicações: pessoas hipertensas e/ou com infecções renais. 
 

4. Pycnogenol 

(Pinus pinaster) 
 
Por que funciona: o extrato da casca do pinheiro marítimo francês é um antioxidante 50 vezes mais potente do que a vitamina E e 20 vezes mais do que a vitamina C. Além de neutralizar os radicais livres, o pycnogenol pode aumentar a produção do óxido nítrico, substância que dilata os vasos, favorecendo o fluxo sanguíneo e melhorando o desempenho durante o treino de força. Os músculos, menos fatigados e com maior poder de recuperação, agradecem. 
 
Contraindicações: não são conhecidas. 
 

5. Teanina 

(theanine) 
 
Por que funciona: esse aminoácido é extraído das folhas do chá verde e promove o relaxamento físico e mental. Por essa razão, e também porque modula o cortisol, que é o hormônio do stress, pode até reduzir o mau humor. A substância também estimula a produção do hormônio do crescimento (GH), que é secretado durante o sono e contribui para o ganho muscular. 
 
Contraindicações: para pacientes sensíveis a algum componente da fórmula. 
 




6. Tribulus 

(Tribulus terrestris) 
 
Por que funciona: contém flavonoides, alcaloides e saponinas - que, segundo estudos clínicos, estimulam a secreção de testosterona. Também pode aumentar os teores de estrogênio e do hormônio luteinizante (LH), que contribuem para o aumento da massa magra. 
 
Contraindicações: mulheres com histórico de câncer de mama. 
 

7. Urtiga dioica 

(Urtica dioica) 
 
Por que funciona: impede a conversão da testosterona em estrogênio, o que aumenta os níveis do hormônio masculino no organismo. Também atende pelo nome de stinging nettle root
 
Contraindicações: hipertensos.

Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/


WWW.ARTVITTA.COM.BR